Painel do Associado

Brasil tem a maior participação da história no Congresso Luso-Brasileiro

quinta-feira, 30 de junho de 2016 comentários

luso-brasileiro-internaA cidade do Porto, em Portugal, foi o palco do 8º Congresso Luso-Brasileiro, que aconteceu entre os dias 19 e 23 de junho juntamente com o 15º Congresso Nacional de Geotecnia da SPG (Sociedade Portuguesa de Geotecnia). O evento contou com a maior delegação brasileira da história em Congressos Luso-Brasileiros. Foram 115 brasileiros de um total de 450 participantes, entre eles Alberto Sayão e Waldemar Hachich, ex-presidentes da ABMS. O número de estudantes brasileiros também merece destaque – 45 de um total de 145. O congresso teve ainda 280 artigos.

A V Victor de Mello Lecture foi o ponto alto do congresso. Proferida pelo professor Jean Pierre Giroud, maior autoridade em geossintéticos do mundo, a palestra teve como tema Leakage Control Using Geomembrane Liners.

Palestrantes brasileiros

André Assis, presidente da ABMS, foi o primeiro brasileiro a se apresentar no 8º Congresso Luso-Brasileiro. No dia 20 de junho, ele falou sobre Obras Subterrâneas e Sustentabilidade das Cidades. No dia seguinte foi a vez de Alessander Kormann, secretário-geral da ABMS, que abordou a Integração de Modelos Geológico-Geotécnicos e Dados de Instrumentação: Um Caso Desafiador de Reforço de Maciço na Serra do Mar Brasileira.

Ainda no dia 21, Maurício Abramento, associado à ABMS, proferiu a conferência Melhoria e Reforço de Maciços: Aspectos Teóricos e Casos de Obras. E para encerrar a participação brasileira, Romero César Gomes e Eduardo Marques participaram da sessão técnica especial Barragens de Rejeitos de Minas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *