Painel do Associado

Com foco em casos práticos, GeoNE recebe grandes nomes da geotecnia

segunda-feira, 26 de outubro de 2015 comentários

geone-logoCampina Grande, na Paraíba, recebe em novembro alguns dos principais nomes da geotecnia nacional e internacional. Eles irão participar do 4º Simpósio de Geotecnia do Nordeste (GeoNE 2015), que promete repetir o sucesso das três últimas edições, abordando temas como Pavimentação, Investigação Geotécnica, Obras de terra e contenções, Fundações e Geotecnia ambiental. Contribuições teóricas e casos práticos vão dividir as atenções dos participantes.

Organizado pelo Núcleo Nordeste da ABMS, o GeoNE 2015 acontece nos dias 5 e 6 de novembro de 2015. “O formato desse evento é muito interessante, pois é bem focado em casos de obras da região”, diz a engenheira e professora Karina Dourado, presidente do Núcleo Nordeste da ABMS. “Além do conhecimento e da troca de experiências, os participantes poderão conferir como é a prática da geotecnia no Nordeste”.

Para Karina Dourado, o simpósio é uma oportunidade de consolidar o principal objetivo do Núcleo, que é o de unir a comunidade técnica. “Através da união dos engenheiros geotécnicos é que poderemos divulgar em âmbito nacional o conhecimento sobre a geotecnia regional– incluindo, nisso, os estudantes e jovens profissionais, que serão a próxima geração de geotécnicos do país”.

Programação

O Simpósio terá início com a cerimônia de abertura ministrada pelo engenheiro John Kennedy Rodrigues, presidente do evento. Logo após, acontece a Conferência Jaime Gusmão – a principal palestra do evento. “O nome da conferência é uma homenagem ao mestre Jaime Gusmão, que além de ter sido um dos fundadores do Núcleo Nordeste da ABMS, é uma figura de grande importância para a geotecnia do Brasil e uma referência para o Nordeste”, explica a presidente.

A Conferência será apresentada pelo engenheiro Jean Pierre Magnan, do Laboratoire Central desPonts et Chaussées– LCPC, da França. “Magnan vai abordar o tema pavimentação, uma vez que a Universidade Federal de Campina Grande tem tradição nessa área”, adianta Dourado.

“Após a Conferência, vamos homenagear algumas figuras importantes da geotecnia na Paraíba”, conta a engenheira e professora. Serão homenageados os engenheiros Francisco Barbosa de Lucena, João Batista Queiroz de Carvalho (in memoriam) e Valdês Borges Soares.

A partir daí, iniciam-se as Sessões Técnicas. “Cada Sessão Técnica terá uma palestra principal seguida de três casos de obra referentes ao tema da sessão”, adianta a presidente do Núcleo. “As Sessões Técnicas contam com a participação de um professor convidado e também das empresas participantes do evento. Serão dois dias muito interessantes, em que serão apresentados vários casos de obras geotécnicas do Nordeste”.

Inscrições esgotadas

Uma das novidades do GeoNE 2015 começou já no processo de inscrição. A Comissão Organizadora do evento promoveu condições de pagamento diferenciadas para quem se associou à ABMS – como uma estratégia para atrair principalmente novos associados estudantes para essa edição do Simpósio. As inscrições já estão esgotadas.

“Os associados à ABMS já contam com desconto no valor da inscrição”, esclarece Karina. “No entanto, para quem ainda não era associado e desejava participar do evento, o Núcleo Nordeste ofereceu a anuidade proporcional da ABMS por R$ 50 para estudantes e R$ 160 para profissionais”.

De acordo com a presidente, essa foi uma maneira de o participante garantir o desconto no ato da inscrição para o evento e, de quebra, contar todos os benefícios de se associar à ABMS “por um valor bastante razoável”.

“Participando do evento, o estudante estará em contato com palestrantes importantes do Brasil e de outros países, o que é um estímulo”, declara Karina. “Como associado à ABMS, ele contará com descontos em eventos científicos, além de receber livros, revistas e periódicos gratuitos pela ABMS e ter a oportunidade construir uma rede profissional com os geotécnicos mais experientes da entidade”, diz. “Acreditamos que esses sejam incentivos muito importantes na carreira de um engenheiro no início de sua carreira”.

Histórico online

Outra novidade que a 4ª edição do GeoNE traz à comunidade é a possibilidade de consultar o histórico dos eventos anteriores.

O endereço do site oficial do GeoNE é www.geone.com.br/2015/principal. No entanto, ao mudar o ano da edição para 2013, 2011 ou 2010, o usuário será redirecionado para os sites das edições anteriores e poderá consultar documentos, fotos e todas as programações passadas.

“As próximas edições seguirão o mesmo exemplo, para que todos possam consultar as informações quando quiserem”, explica Karina. “Mantendo um arquivo das edições passadas, consolidamos também o nosso trabalho”.


Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *