Painel do Associado

Com foco nos associados, Núcleo Rio quer realizar eventos por todo o Estado

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015 comentários

anacristinainterna“O Núcleo Rio da ABMS pretende trabalhar com afinco para atrair novos associados e proporcionar aos sócios ativos e à indústria uma maior integração entre a comunidade técnica e a acadêmica”. É o que declara a nova presidente do Núcleo Rio de Janeiro da ABMS e docente da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Ana Cristina Castro Sieira (foto). Para isso, o Núcleo irá fortalecer laços com os comitês técnicos da ABMS e com os demais Núcleos Regionais para a realização de eventos. “O intuito será atrair profissionais para o intercâmbio de experiências e instigar ao jovem à carreira geotécnica”, explica.

E os planos de gestão para o biênio do Núcleo Rio de Janeiro são ambiciosos. Segundo a presidente, a diretoria pretende realizar “desde visitas técnicas em grandes obras até a realização de palestras para alunos de graduação – não somente na capital, mas também em o todo o estado do Rio de Janeiro”.

O objetivo, com isso, é atender os três perfis de associados existentes da ABMS: estudantes de graduação, engenheiros geotécnicos pós-graduandos e profissionais já experientes na área.

“Vamos, primeiramente, instigar o gosto pela área geotécnica junto aos alunos de graduação com palestras de divulgação do núcleo e apresentar aos jovens em formação qual é a atuação do engenheiro geotécnico”, diz.

Já em relação aos engenheiros que optaram em se especializar em Geotecnia, o Núcleo Rio de Janeiro quer aproximar a prática da teoria aprendida em sala de aula, proporcionando visitas técnicas, cursos técnicos e apresentando os softwares utilizados atualmente na área.

“Aos profissionais e sócios coletivos vislumbramos uma maior integração entre a comunidade acadêmica e as empresas, com palestras sobre casos de obras e desafios geotécnicos a serem vencidos”, explica Ana Cristina.

 

Jovens representantes

diretoriarioA nova diretoria do Núcleo Rio de Janeiro é composta, em sua maioria, por jovens engenheiros – algo já planejado pela presidente. De acordo com Ana Cristina, que se associou à ABMS em 1997, “a intenção era montarmos uma diretoria relativamente jovem e disposta a contribuir com a ABMS, com vontade de acertar e movimentar o Núcleo”. (Da esquerda para a direita: a tesoureira Danielle Araújo, a presidente Ana Cristina Sieira, o vice-presidente Rogério Feijó, a secretária executiva Talita Miranda e a secretária geral Monique Sobral.)


Comentários


Com foco nos associados, Núcleo Rio quer realizar eventos por todo o Estado

  1. Luciano Moraes disse:

    Parabéns e votos de sucesso no plano de palestras e divulgações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *