Painel do Associado

Com mais de 600 participantes, ISRM 2019 trouxe ao Brasil os principais nomes da comunidade técnica internacional

segunda-feira, 14 de outubro de 2019 comentários

Pela primeira vez a América Latina foi palco do maior evento de Mecânica das Rochas. A 14ª edição do Congresso Internacional da ISRM (International Society for Rock Mechanics and Rock Engineering), realizado a cada quatro anos, aconteceu entre os dias 13 e 18 de setembro de 2019, em Foz do Iguaçu (PR). O evento reuniu 633 participantes de 51 países. Entre eles, muitos profissionais renomados da Mecânica das Rochas, como Charles Fairhurst – o nome de maior destaque na comunidade internacional atualmente, além de presidentes de entidades coirmãs e um número expressivo de jovens (40% do total de inscritos). “É gratificante ver que estudantes e jovens profissionais estão se aproximando da Mecânica das Rochas”, destaca Sérgio Fontoura, presidente da Comissão Organizadora do ISRM 2019. “Eles são o futuro da nossa associação e da nossa engenharia”.

O congresso foi organizado pelo CBMR – Comitê Brasileiro de Mecânica das Rochas da ABMS – em parceria com a Sociedade Argentina de Engenharia Geotécnica e a Sociedade Paraguaia de Geotecnia. O sucesso do evento pôde ser notado logo no início. “Foi emocionante ver da mesa o auditório lotado na abertura”, afirma Lineu Azuaga Ayres da Silva, presidente do CBMR. “É gratificante notar o sucesso que o Congresso Internacional alcançou em terras brasileiras”.

O tema central do ISRM 2019 foi Mecânica das Rochas para Recursos Naturais e Desenvolvimento de Infraestrutura. O encontro teve oito keynote lectures com conferencistas convidados, dentre eles o brasileiro Tarcísio Barreto Celestino, ex-presidente do Comitê Brasileiro de Túneis da ABMS e da Associação Internacional de Túneis e do Espaço Subterrâneo, que ministrou a palestra Engineering for Civil Underground Works in Soft Rock. Foram apresentados ainda 179 trabalhos, divididos em 34 sessões técnicas.

Premiações

A entrega de prêmios já faz parte da tradição dos congressos internacionais da ISRM. Nesta edição, o Prêmio Manuel Rocha, que destaca a melhor tese de doutorado, foi entregue a Qinghua Lei, autor da tese Characterisation and Modelling of Natural Fracture Networks: Geometry, Geomechanics and Fluid Flow. Na ocasião, Lei apresentou seu trabalho ao público do ISRM 2019.

O professor canadense Peter Kaiser foi o vencedor do Prêmio Leopold Müller, que reconhece profissionais que se destacam por suas contribuições à Mecânica das Rochas. Kaiser é o fundador do Centro de Excelência em Inovação para Mineração no Canadá. Para a Müller Lecture, proferida após a premiação, o tema escolhido por Kaiser foi From Common to Best Practices in Underground Rock Engineering.

RockBowl

Como já era esperado, o RockBowl foi um dos destaques do ISRM 2019. O jogo de perguntas e respostas sobre Mecânica das Rochas teve a sua segunda edição internacional durante o Congresso. No total, o RockBowl já soma cinco edições.

Participaram 18 equipes e 53 jogadores agora em 2019. A equipe vencedora foi a da USP-São Carlos.  O prêmio de melhor jogador também ficou para o Brasil, dividido entre dois estudantes, um do Rio Grande do Sul e outro de São Paulo.

Como em todas as edições, o RockBowl contou com o patrocínio da Geobrugg.

4º Fórum de Jovens Profissionais

Outro destaque do ISRM 2019 foi o 4th Early Career Forum. Destinado a jovens profissionais, o fórum selecionou 10 jovens de destaque de diferentes países da América do Sul para apresentar seus trabalhos. Compartilharam suas experiências com os colegas iniciantes na carreira dois profissionais sêniores já renomados na ISRM – o chinês Manchao He, vice-presidente da entidade e presidente do Fundo ISRM para Educação, e o croata Ivan Vrkljan, professor da Universidade de Rijeka.

Para a engenheira Vivian Marchesi, vice-presidente do Comitê Brasileiro de Mecânica das Rochas, esse momento é importante pela troca de experiências e pela interação com profissionais experientes. “Eles mostraram a importância da dedicação e as possibilidades que têm os jovens profissionais na área”.

 John Hudson Memorial Session

Falecido recentemente, ainda em 2019, o engenheiro inglês John Hudson, que havia presidido a Sociedade Internacional de Mecânica das Rochas de 2007 a 2011, teve uma seção dedicada a ele no ISRM 2019. A John Hudson Memorial Session apresentou relatos de pessoas próximas ao ex-presidente que mostraram a toda a comunidade as contribuições de Hudson para a Mecânica das Rochas.

O destaque nas homenagens coube a Charles Fairhurst (foto acima). Aos 91 anos, ele, que é hoje o nome de maior destaque na Mecânica das Rochas, fez questão de estar presente para prestar sua homenagem a Hudson.

Além de Fairhurst, fizeram relatos Resat Ulusay, presidente da ISSMR, Xia-Ting Feng, ex-presidente da entidade, além de dois colegas de trabalho de Hudson na Imperial College, em Londres, na Inglaterra, John Harrison e John Cosgrove.

“Foi uma sessão com forte conteúdo emocional”, lembra Sergio Fontoura. “Para nós, foi uma honra homenagear este grande engenheiro e contar com profissionais de tão alto reconhecimento”.

Novo presidente da ISRM

O Congresso Internacional de Mecânica das Rochas também marca a mudança do comando e do Conselho da ISRM. A ex-presidente Eda Quadros (foto à dir.), engenheira brasileira e primeira mulher a ocupar a posição, passou o cargo para o turco Resat Ulusay (foto à dir.), eleito em outubro de 2017.

Reuniões e encontros sociais

O ISRM 2019 foi marcado ainda por uma série de encontros sociais e reuniões paralelas. Além da reunião do Board da ISRM, que elegeu os novos vice-presidentes da entidade para a gestão 2019-2023, o evento sediou a reunião da FedIGS – Federação das Associações Internacionais de Geotecnia, da qual fazem parte a ISRM, a ISSMGE (Sociedade Internacional de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica), a IAEG (Associação Internacional de Geologia de Engenharia e Ambiental) e a IGS (Sociedade Internacional de Geossintéticos).

Na parte social, o ISRM proporcionou aos participantes um jantar de confraternização que contou com a presença de 495 pessoas. “Nunca participei de um jantar de congresso com tanta gente. Foi muito bacana!”, destaca o presidente da Comissão Organizadora. Durante o jantar, foram entregues prêmios aos grupos nacionais de destaque e indicados os Fellows – membros de alto reconhecimento escolhidos pela ISRM. No Brasil, Milton Kanji recebeu o título de ISRM Fellow em 2015.

ISRM 2023

O próximo Congresso Internacional de Mecânica das Rochas está marcado para 2023 e ocorrerá em Salzburgo, na Áustria.

 

Leia o editorial escrito por Sérgio Fontoura,  presidente da Comissão Organizadora do ISRM 2019.

Confira as fotos do evento aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *