Painel do Associado

De casa nova, ABMS apresenta planos para o biênio 2015/16

quarta-feira, 04 de fevereiro de 2015 comentários

diretoriaDepois da conquista da nova sede, a ABMS tem pela frente novos desafios. O objetivo é o fortalecimento da própria entidade e da comunidade geotécnica. À frente da nova Diretoria, André Assis, presidente reeleito da ABMS, traça os planos para a gestão 2015-2016. Ao seu lado estão Luciano Jacques de Moraes Jr, vice-presidente, Alessander Kormann, secretário geral, Alexandre Duarte Gusmão, secretário executivo, e Artur Quaresma, tesoureiro, além de todos os associados. Neste editorial, a nova Diretoria apresenta seus projetos e desafios para os próximos dois anos.

“Técnica, qualidade, comunicação e aproximação com o jovem. Estes serão os pilares do trabalho da Diretoria nesta gestão. Na parte técnica, o objetivo principal é o incentivo ao trabalho das Comissões Técnicas, para que elas possam fomentar, discutir e promover os temas aos quais se dedicam. O desafio agora é a emissão de documentos de domínio público. A ABMS quer oferecer esse legado técnico para a sociedade brasileira.

Atualmente a entidade conta com sete Comissões Técnicas – Fundações, Ensaio de Campo, Barragens, Gestão de Riscos, Solos Não Saturados, Geotecnia Ambiental e Taludes – além de Geossintéticos, que está em processo de criação. Algumas delas já têm trabalhado efetivamente em um dos objetivos, o de difundir o conhecimento por meio da promoção de cursos e seminários. Outras, no entanto, ainda estão ‘engatinhando’ e precisam do incentivo e do apoio da ABMS e da comunidade para iniciar os trabalhos. As Comissões Técnicas são acompanhadas e coordenadas por Carlos Medeiros, do Núcleo Centro-Oeste.

Valorização da qualidade
Após o lançamento do programa de concessão do título de Engenheiro Geotécnico, o próximo passo para valorizar esses profissionais é a viabilização de cursos sobre temas variados, em diversos estados do país.

Para tornar possível mais esta iniciativa, a ABMS firmou parceria com a Acqua Consultoria, empresa especializada na realização de eventos técnicos. Assim, a parte de organização e logística será feita pela Acqua, enquanto a ABMS ficará responsável pela escolha dos temas e dos instrutores.

Projeto piloto foi realizado em agosto de 2014, em Campinas. O curso “Execução e Interpretação de Ensaios de Cone (CPT) Piezocone (CPTU)” teve 35 participantes – número limite. Muitos interessados acabaram ficando na fila por uma vaga.

Foi possível notar que a demanda é grande e que os profissionais estão realmente interessados em aprimorar seus conhecimentos. Daí a relevância desses cursos que a ABMS vai oferecer a partir deste ano.

Comunicação
As mudanças na Comunicação começaram já em 2014, com o lançamento do novo site da ABMS. Em 2015 e 2016, no entanto, os desafios continuam. O objetivo agora é fazer com que o site se torne o portal da Geotecnia no Brasil, com a disponibilização de documentos de interesse público, publicações na Biblioteca Virtual, além de notícias sobre assuntos relacionado à área e sobre os eventos da ABMS.

A Biblioteca Virtual é um dos destaques do novo site. Ela vai abrigar todas as publicações da ABMS – todas digitalizadas em arquivos pesquisáveis –, com exceção dos últimos anais de congressos e os volumes de revistas do último ano. O acesso às publicações – downloads e pesquisas – será gratuito e aberto ao público externo e não apenas aos associados à ABMS. O objetivo é oferecer a toda a comunidade geotécnica uma fonte importante de pesquisa na área.

Jovem Geotécnico
O incentivo à participação do jovem também está nos planos da nova gestão. Para isso, a ABMS estará presente nas redes sociais de forma mais intensa e vai preparar, anualmente, um evento dedicado à comunidade jovem, o Jovem Geotécnico. Em 2015, ele acontecerá em Salvador, no mês de agosto. Será um evento com custo bastante acessível, realizado nas universidades. O mais importante é que os jovens tenham uma oportunidade de se reunir e trocar experiências e, consequentemente, alimentar o futuro da Geotecnia.

São esses os principais desafios da Diretoria da ABMS para o biênio 2015-2016. A ABMS está pronta para crescer e contamos com toda a comunidade para isso.

Até breve!

Diretoria da ABMS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *