Painel do Associado

Diretoria do Núcleo Bahia fala sobre os projetos para o biênio 2015/16

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015 comentários

Helio Baptista, presidente reeleito do Núcleo Bahia da ABMS, e João Carlos Baptista Jorge da Silva, vice-presidente do Núcleo, pretendem continuar com a expansão do número de associados na próxima gestão, além incentivar o envolvimento da comunidade técnica baiana em eventos estaduais e nacionais da ABMS.

“O crescimento do Núcleo precisa refletir o crescimento da Geotecnia no estado”, afirma Baptista. “Para isso, é necessária a divulgação das atividades de modo a mobilizar os engenheiros baianos a seguir essa importante vertente da engenharia”. E projetos para sediar eventos não faltam.

O foco do Núcleo está voltado para três principais ações: o Geojovem, palestras mensais e o GeoCaruru. “Um de nosso objetivo é a organização do Geojovem, pois além de ser um evento importante, é voltado ao jovem, principal alvo da Associação”, afirma João Carlos da Silva. (foto abaixo)

Outro projeto do Núcleo é a retomada das palestras nas universidades da Bahia. “Nossa ideia é retomar a partir de março as palestras mensais nas universidades que ministram o curso de Engenharia Civil em Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista e outras cidades do interior da Bahia”, conta Silva.

Imagem João Carlos - NRBAA maior dificuldade para a continuidade das palestras, no entanto, está na obtenção de patrocínios. “Para agregarmos ainda mais valor as nossas palestras precisamos de patrocinadores, o que se espera com os grandes empreendimentos que deverão iniciar este ano no Estado”, explica Silva.

Diante do sucesso da edição passado, um evento que com certeza estará no calendário é o GeoCaruru. “Queremos tornar o GeoCaruru parte do nosso calendário anual de eventos, pois a edição passada nos trouxe inúmeros benefícios”, afirma Silva.

 

Helio Baptista na ABMS

Baptista conta que seu envolvimento com a ABMS vem de longa data, desde meados da década de 90, e se deve ao incentivo de Alberto Sayão, ex-presidente da ABMS e seu orientador na época do mestrado na PUC – Rio. “Descobri a ABMS e sua importante atuação graças ao Sayão”, lembra. “Após algum tempo, me associei e hoje tenho a oportunidade de, pela segunda vez, presidir o Núcleo Bahia, o que para mim é uma grande honra e motivo de muito trabalho”.


Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *