Painel do Associado

Embre e Sonda recebem primeiros Selos de Qualidade e Certificação ABMS

quinta-feira, 13 de março de 2014 comentários

No dia 14 de fevereiro de 2014 ocorreu, no Instituto Federal de Brasília (IFB), o evento de lançamento do Selo de Qualidade de Sondagem da ABMS. Na ocasião, foram entregues certificados de qualidade a duas empresas associadas à ABMS que passaram pelo processo de avaliação de seus trabalhos de sondagem: a Embre Engenharia e a Sonda Engenharia. “O objetivo da ABMS é garantir a qualidade dos trabalhos de sondagem oferecidos pelas empresas, que são fundamentais para qualquer tipo de obra de engenharia geotécnica”, declara Neusa Mota, presidente do Núcleo Regional Centro Oeste da ABMS – núcleo responsável por idealizar o programa de certificação.

 

“Nós percebemosuma grande carência de padronização nas sondagens, pois muitas empresas não seguem à risca os critérios estabelecidos pelas normas técnicas. E é isso o que nós queremos: incentivar as empresas a melhorar a qualidade de suas sondagens e destacá-las pelo bom trabalho”, diz Neusa Mota. “Após o evento, mais duas empresas que já possuem sondadores qualificados pelo IFB solicitaram participar do processo de avaliação, o que prova a importância e a seriedade com que nós estamos realizando essas certificações”. De acordo com a presidente, outras seis empresas estão em processo de avaliação pela ABMS. (Na foto ao lado, à esquerda: Neusa Mota – NRCO/ABMS, engenheiro Renato Dias – Embre, Arthur Quaresma – ABMS e engenheiro Carlos Medeiros – Embre. Na foto à direita: Neusa Mota, engenheiro João Matias – Sonda, Arthur Quaresma – ABMS)

 

Além dos representantes das empresas Embre e Sonda, o evento de entrega dos certificados contou com a presença de representantes de outras empresas de engenharia geotécnica, alunos e professores de cursos de pós-graduação do Instituto Federal de Brasília, do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), do programa de pós-graduação em Geotecnia da Universidade de Brasília e alunos de graduação do curso de Engenharia Civil da Universidade Católica de Brasília. Na banca de entrega, estavam a presidente do Núcleo Centro Oeste, Neusa Mota; o reitor do IFB e presidente do Comitê Gestor da Certificação, Wilson Conciani; o engenheiro Dionyzio Antonio Martins Klavdianos, representando o Sinduscon-DF; e o tesoureiro da ABMS, Arthur Quaresma Filho, como representante da Diretoria Nacional da ABMS. Arthur Quaresma também ministrou uma palestra sobre a Sondagem tipo SPT aos presentes. (Na foto à esquerda: Neusa Mota – NRCO/ABMS; Profº Wilson Conciani – Reitor do IFB e Presidente do Comitê Gestor da Certificação; Eng. Arthur Quaresma Filho – Tesoureiro da ABMS representando o Presidente da ABMS e Palestrante e Eng. Dionyzio Antonio Martins Klavdianos – Representando SINDUSCON DF).

O evento contou com o apoio do Instituto Federal de Brasília e do Sinduscon-DF.

Primeiros passos

Idealizado em 2012 pelo Núcleo Regional Centro-Oeste da ABMS, o programa de certificação de qualidade da ABMS está dando seus primeiros passos rumo à expansão. Começando pelas empresas situadas em Brasília, o programa está expandido à indústria de Goiânia e, em breve, será oferecido às empresas de engenharia geotécnica de outras regiões. “O nosso desejo é que todos os Núcleos Regionais da ABMS possam também oferecer a avaliação e o certificado de qualidade às empresas associadas que queiram aderir ao programa”, adianta Neusa Mota.

Certificação de Qualidade ABMS

Para integrar ao programa de avaliação e certificação da ABMS, a empresa interessada deverá, primeiramente, estar associada à entidade. Só então deverá ter suas equipes de sondagem matriculadas em cursos de capacitação e qualificação de sondadores – vinculados e indicados pela ABMS. Os cursos são viabilizados por meio de convênios entre instituições de ensino públicas ou privadas e terão ao todo 205 horas-aula. Será exigido que a empresa possua, no mínimo, 70% de seus sondadores certificados para prosseguir com o processo de avaliação.

Depois disso, a empresa passará por uma análise documental e por uma visita realizada por membros do Comitê de Avaliação para verificar os vários pontos fundamentais no processo de sondagem (segurança, equipamentos, procedimentos, dentre outros). Caso todo o processo esteja em conformidade com as normas técnicas, a empresa receberá o certificado de qualidade em até 30 dias e um lote de selos adesivos para que sejam afixados em relatórios de sondagem.

Para saber de todos os detalhes envolvidos no processo de avaliação oferecido pelo programa, acesse aqui.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *