Painel do Associado

Fernando Jucá, responsável pela palestra Milton Vargas, diz em vídeo que a geotecnia ambiental não sofreu tanto os efeitos da crise

segunda-feira, 20 de maio de 2019 comentários

A grave crise vivida hoje pelo país, que afeta toda a economia e, de modo especial, os setores de infraestrutura e construção civil, no âmbito dos quais estão as empresas e profissionais de geotecnia, não vem afetando de forma tão severa as empresas que atuam na área de geotecnia ambiental e resíduos sólidos. “As empresas que atuam no setor de resíduos vêm no período recente registrando crescimento entre 1,5% e 5% ao ano”, afirma o professor José Fernando Thomé Jucá, da Universidade Federal de Pernambuco, responsável pela Palestra Milton Vargas 2019. Ele vem rodando o Brasil para disseminar entre o público técnico, os estudantes e as empresas do setor, a importância da geotecnia ambiental.

Em entrevista de vídeo concedida em São Paulo à equipe de comunicação da ABMS, Fernando Jucá lembra que a geotecnia ambiental é uma área nova em todo o mundo, mas sua importância é crescente inclusive em termos econômicos. As empresas do setor, segundo ele, faturam anualmente em torno de 30 bilhões de reais e seguem registrando crescimento anual de até 5%.

Jucá já apresentou a Palestra Milton Vargas para associados dos Núcleos Regionais do Nordeste, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Veja aqui a programação completa da Palestra Milton Vargas. E, principalmente, assista à entrevista com o professor Fernando Jucá.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *