Painel do Associado

Frederico Falconi recebe o Prêmio Manuel Rocha

quarta-feira, 03 de dezembro de 2014 comentários

Oferecido aos profissionais que deram, ao longo de suas carreiras, contribuições valiosas à sociedade na prática da engenharia, o Prêmio Manuel Rocha de 2014 foi concedido ao engenheiro Frederico Falconi, diretor da ZF & Engenheiros Associados. “Foi unânime a decisão para que o associado Frederico Falconi fosse o ganhador do Prêmio Manuel Rocha”, afirma Roberto Coutinho, membro do Conselho da ABMS e responsável pela divulgação dos nomes dos ganhadores dos prêmios Terzaghi e Manuel Rocha. “Ele é um profissional conceituadíssimo e altamente dedicado à geotecnia”.

De acordo com Coutinho, apesar de unânime, a escolha do nome ganhador do Prêmio Manuel Rocha não foi simples. “Nós sempre tivemos bons profissionais na área. Por isso, a comissão da ABMS responsável por apurar os nomes fez um estudo cuidadoso para a escolha do ganhador deste prêmio”, explica. “No final, concordamos que era o momento de a comunidade reconhecer Falconi pela dedicação que ele sempre empregou em sua profissão. É uma forma de consideração e agradecimento por todos esses anos contribuindo para a sociedade com obras de alto conceito”.

Para Frederico Falconi, no entanto, a notícia de que tinha ganho o Prêmio Manuel Rocha foi uma agradável surpresa. “Tinha acabado de apresentar um trabalho no Cobramseg quando alguns colegas vieram me cumprimentar. Na hora, pensei que tivessem gostado da minha apresentação, e fiquei satisfeito com os cumprimentos”.

“Mas os ‘parabéns’ continuavam, o que me deixou um pouco desconfiado. Finalmente perguntei a um colega sobre qual era o motivo cumprimento. E foi então que descobri que meu nome tinha sido citado durante a cerimônia de premiação da ABMS no Cobramseg!”, comentou Falconi, aos risos. “Foi o primeiro prêmio que ganhei da ABMS. Não imaginava que isso fosse acontecer. Fiquei muito emocionado”.

Carreira

Frederico Falconi é diretor da empresa ZF & Engenheiros Associados há 28 anos. Sua carreira começou com a formação em engenharia civil pela Escola de Engenharia da Universidade Mackenzie, em 1978. Também foi presidente do Núcleo Regional São Paulo da ABMS em 1999 a 2000.

Foi membro da comissão de revisão da norma NBR 6122 – Projeto e Execução de Fundações finalizada em 2010 e da comissão de revisão da norma NBR 8044/96 – Projetos Geotécnicos. Também foi editor, co-editor e co-autor dos livros “Solos do Litoral de São Paulo” (ABMS – 1996), “Hélice-Contínua – A experiência Atual” (ABMS – 1998), “Fundações – Teoria e Prática” (ABMS e PINI – 1996). Foi co-editor do livro “Previsão de Desempenho X Comportamento Real – Aterros, Túneis, Fundações, Taludes” (ABMS – 2000) e “A Engenharia do Sucesso” (Natura – 2004), “Passado, Presente e Futuro dos Edifícios da Orla Marítima de Santos” – (ABMS e Sinduscon – 2002). É Membro do DFI – Deep Foundation Institute.

Falconi tem mais de 25 artigos técnicos publicados nos eventos Cobrae, Cobramseg, Sefe e no Congresso Luso-Brasileiro, além de várias palestras técnicas apresentadas no Geo-RS, na Unicamp, no Sinduscon, na Assecob, na Universidade Santa Cecilia, na FAAP, na Reunion Del Concreto na Colômbia, na Universidade de Guayaquil no Equador e no Concrete Show.

Foi engenheiro da Consultrix participando do projeto e da execução de obras de fundações de edifícios residenciais, comerciais, industriais, pontes, viadutos escavações e contenções em obras em São Paulo, Rio de Janeiro e Goiânia. Também atuou na empresa Engevix, na elaboração de projetos de terraplenagem, drenagem, escavações, pavimentação, contenções e fundações de diversas obras em todo o Brasil, dentre as quais o Trem Metropolitano de Belo Horizonte – GEIPOT e o Projeto Ferro Carajás – CVRD Terminal da Ponta da Madeira.


Comentários


Frederico Falconi recebe o Prêmio Manuel Rocha

  1. Arsenio Negro disse:

    Fred se enquadra perfeitamente no perfil do Prêmio que recebeu. Parabéns ao agraciado e aos que o escolheram!
    Arsenio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *