GeoSUL 2017 reúne centenas de profissionais para debates sobre engenharia geotécnica

sexta-feira, 04 de agosto de 2017 comentários

GeoSUL2017-internaRealizado a cada dois anos no Rio Grande do Sul, Santa Cataria ou Paraná, a edição de 2017 do GeoSUL – XI Simpósio de Prática de Engenharia Geotécnica da Região Sul, aconteceu entre os dias 26 e 28 de julho, na cidade de Bento Gonçalves (RS), reunindo mais de 300 profissionais e estudantes dos três estados brasileiros. “O GeoSUL nasceu com a intenção de aproximar a academia da prática e se tornou um importante momento de aprendizado técnico e de expansão da rede de relacionamentos de todos os envolvidos”, afirmou o presidente do Núcleo Rio Grande do Sul da ABMS, Antônio Thomé.

(Foto: Fabiana Duarte/EFE Comunicação)

Durante o GeoSUL 2017, os inscritos puderam participar, no dia 26, de um curso ministrado pela empresa Geobrugg. Já nos dias 27 e 28, um total de 17 palestras foram realizadas, com temas voltados a pontes, contenções, contorno viário de Florianópolis, portos e barragens, e geotecnia ambiental. Sete trabalhos foram apresentados, além de uma sessão de autógrafos, com o autor, Dr. Jarbas Milititsky, vice-presidente da International Society for Soil Mechanics and Geotechnical Engineering (ISSMGE), com a obra “Grandes escavações em perímetros urbanos”.

“Certamente, um evento como este nos dá qualidade de aprendizado, de forma contínua e permanente, valiosa, especialmente para os mais jovens. Além disso, este é um evento com sucesso garantido, especialmente pela coragem dos organizadores em enfrentar este desafio. É uma enorme satisfação verificar a qualidade do que encontramos aqui”, disse Milititsky.

Presente na cerimônia de abertura do Simpósio, o presidente do CREA-RS, Melvis Barrios Junior, destacou a importância da profissão. “O CREA sempre será parceiro de eventos como esse, que qualifica nossos profissionais. O geotécnico tem a capacidade de trabalhar em qualquer lugar do mundo, que possui demanda crescente por esta especialização”, declarou.

O presidente da ABMS, Alessander Kormann, falou sobre a iniciativa do Núcleo RS pela criação do evento, que tem inspirado núcleos de todo o país. “Esta foi uma ideia que iniciou no Rio Grande do Sul e foi facilmente comprada pelos outros núcleos, Brasil afora, que vêm realizando eventos regionais nos moldes deste simpósio, o que é muito gratificante de se observar”, pontuou o presidente.

Geosul2017-FernandoeJarbasO GeoRS 2017 também prestou homenagem ao professor doutor Fernando Schnaid, que, além de receber o reconhecimento pelo trabalho prestado, realizou a palestra “Investigação geotécnica aplicada a projetos de engenharia: presente e futuro”. Em sua gestão como presidente do Núcleo Rio Grande do Sul foi criado o GeoSUL. “Estar sendo homenageado neste evento é muito especial. Imagino que eu possa ter inspirado alguns alunos a seguir esta carreira, o que é muito gratificante, especialmente na condição de professor”, afirmou Schnaid. (Na foto, da esq. à dir., os engenheiros Fernando Schnaid e Jarbas Milititsky. Foto: Fabiana Duarte/EFE Comunicação)

“Neste ano, não poderíamos indicar outro nome para ser homenageado, pois Schnaid acaba de se aposentar da UFRGS, onde foi docente por muitos anos”, destacou Antônio Thomé.

O Simpósio encerrou com a palestra internacional de Krishna Reddy, diretor do Laboratório de Engenharia Geotécnica e Geoambiental do Departamento de Engenharia Civil e de Materiais da Universidade de Illinois, Chicago.

Luiz Henrique Felipe Olavo, presidente do Núcleo Paraná/Santa Catarina da ABMS, informou, ao final do evento, que a próxima edição do GeoRS deverá acontecer na cidade de Joinvile, SC, em 2019.

Mais fotos do evento estão disponíveis em www.facebook.com/abmsRS
Com informações da assessoria de imprensa do Núcleo Rio Grande do Sul da ABMS

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *