Painel do Associado

Grupo da ABMS no LinkedIn aproxima profissionais

quarta-feira, 25 de março de 2015 comentários

linkedinOs interessados em compartilhar informações profissionais, relacionadas ao universo da geotecnia, têm hoje um novo meio para promover esse intercâmbio. Trata-se do Grupo ABMS criado no LinkedIn por um associado da entidade, Marcio Leão (foto abaixo, à direita), coordenador de Investigações Geotécnicas e Ensaios Especiais da empresa Terratek Tecnologia, no Rio de Janeiro.

“Comecei a perceber que profissionais de diferentes áreas tinham a necessidade de informações sobre assuntos relacionados à Mecânica dos Solos, à Mecânica das Rochas, à Geotecnia, à Geologia e à Engenharia de forma geral”, conta Leão. “Como sou associado à ABMS e acompanho bastante as novidades e discussões propostas pela entidade,marcioleao resolvi criar o grupo e oferecer aos profissionais presentes no LinkedIn uma fonte de notícias relacionadas ao assunto”.

Criado em 2014, o grupo ABMS do LinkedIn conta hoje com mais de 760 integrantes, das mais variadas origens, idades e atuações profissionais. Eles utilizam a rede para trocar informações e experiências. “É uma troca muito bacana, muito dinâmica”, ressalta Marcio. Além disso, ali são divulgados eventos, notícias sobre acidentes geotécnicos, novidades do setor e alguns debates.
“Acompanho de perto o site da ABMS e ele é uma ótima fonte de notícias para o grupo”, conta o criador. “Sempre repercuto no grupo as matérias da ABMS”.

Em sintonia com a ABMS

Ao perceber que o grupo estava ganhando novos adeptos, Marcio Leão reuniu-se com a ABMS para apresentar aos membros da Diretoria as caraterísticas do grupo e os seus objetivos. “Como estava usando a imagem da ABMS, achei importante estar em sintonia com a entidade”, lembra Marcio.

Para André Assis, presidente da Associação, embora o grupo não tenha nenhuma interferência da ABMS, a iniciativa conta com total apoio da Diretoria. “É uma ferramenta importante para integrar os profissionais da Engenharia Geotécnica e disseminar informações sobre a área”, destaca o presidente.

Acesse aqui o grupo e faça parte!

Marcio Leão criou também grupos do CBT – Comitê Brasileiro de Túneis – e do CBMR – Comitê Brasileiro de Mecânica das Rochas.

Para fazer parte do grupo do CBT, clique aqui.
Para fazer parte do grupo do CBMR, acesse aqui.

Os termos e contatos do grupo são de responsabilidade do autor e do LinkedIn. A ABMS apoia a iniciativa, mas não responde pelo grupo.


Comentários


Grupo da ABMS no LinkedIn aproxima profissionais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *