Painel do Associado

Núcleo Minas Gerais já organiza eventos e planeja as iniciativas para 2018

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018 comentários

A comunidade técnica mineira pode esperar um 2018 bastante agitado. É o que planeja o Núcleo Minas Gerais da ABMS, que vem programando seu calendário de eventos para o ano. Alguns dos eventos já estão agendados. Em março, acontece a 4ª edição do encontro “Mulheres Geotécnicas”. Em abril, os associados deverão participar de um evento sobre solos reforçados em contenções. Para maio, o tema escolhido diz respeito ao tratamento e melhoramento de solos em fundações.

(Na foto, o engenheiro Gustavo Vianna, presidente do Núcleo Minas Gerais da ABMS)

Agenda

Já tradicional na região, a 4ª edição do encontro “Mulheres Geotécnicas” irá reunir a comunidade, em março, para discutir e trocar experiências com mulheres acadêmicas e profissionais de renome em suas áreas. A programação do evento e as palestras já estão sendo preparadas e, em breve, todas as informações serão divulgadas.

Em abril, o Núcleo realizará um evento relacionado a solos reforçados para contenções com foco em obras de mineração. Este evento será promovido por um associado corporativo e ministrado por professores e projetistas, adianta o presidente do Núcleo, o engenheiro Gustavo Vianna. “Será um evento bastante completo, com teoria e exemplos práticos”.

Já o evento de maio irá pôr em discussão o tema “tratamento e melhoramento de solos em fundações, e novas tecnologias disponíveis no mercado”. Os detalhes também serão em breve divulgados.

Para o segundo semestre, o NRMG já prepara o lançamento do GeoMin 2019. Devido ao enorme sucesso alcançado na edição de 2017, a “responsabilidade de realizarmos um evento ainda melhor em sua 2ª edição é muito grande, e pretendemos nos adiantar para trabalharmos em tempo hábil com profissionais e empresas parceiras” pondera Vianna.

 

Ações

Além dos encontros, o Núcleo Minas Gerais já organiza ações para manter o diálogo com as Universidades afim de disseminar a importância da geotecnia. “Inclusive já começamos a divulgar aos alunos o Cobramseg 2018, que acontecerá em Salvador, na Bahia”, comenta Vianna. “A divulgação do Cobramseg tem sido feita sistematicamente por aqui. Foi a forma que encontramos para apoiar os nossos colegas baianos a dar evidência a este grande evento da ABMS”.

Outra prioridade do Núcleo será promover ações que aproximem os associados corporativos dos interesses da ABMS. “Queremos não apenas convidá-los para patrocinar eventos, mas dar voz às empresas e estimulá-las a participar das nossas ações de modo a fortalecer o contato com o associado individual do Núcleo, além da comunidade como um todo”, declara o presidente do Núcleo. “Por isso, os eventos do Núcleo Minas Gerais terão a participação dessas empresas de modo mais evidente”.

O fortalecimento das relações com entidades técnicas é outra iniciativa que tem a atenção garantida do Núcleo mineiro. “O Núcleo tem uma meta importante, que é a de imprimir maior relevância à carteirinha de engenheiro geotécnico emitida pela ABMS em documento chancelado pelo CREA Minas Gerais”, esclarece Gustavo Vianna.

“Temos conversado com o CREA Minas Gerais desde o ano passado buscando viabilizar esse projeto. Agora, com a nova gestão do Conselho, vamos retomar a conversa em uma reunião para apresentar a ABMS e o que temos discutido até agora”, completa o engenheiro.

“Nossa atuação em relação a isso tem sido forte. Se conseguirmos avançar nesse objetivo, será um legado muito importante que a diretoria irá deixar para o Núcleo Minas Gerais”, diz o presidente. “Acredito que isso também se transforme em uma ‘porta aberta’ para que outros Núcleos da ABMS consigam estabelecer esse mesmo contato com os CREAs de seus estados”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *