Palestra de Luis Edmundo Campos reúne cerca de 80 pessoas na ABMS, em São Paulo

terça-feira, 29 de agosto de 2017 comentários

palestraluisaosp-internaA palestra “Encostas e Taludes: Problemas de Estabilidade e Formas de Contenções”, ministrada por Luis Edmundo Campos, presidente (licenciado temporariamente) do Núcleo Bahia da ABMS e professor titular da Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia, recebeu cerca de 80 participantes no dia 24 de agosto, no auditório da ABMS em São Paulo. Entre os presentes, estavam muitos estudantes e profissionais da área. “Fiquei muito contente com a participação das pessoas”, afirmou o palestrante ao final do encontro. “Esperamos despertar nos jovens o interesse pela área e alertá-los para os possíveis problemas que podem ocorrer se não forem tomados os devidos cuidados”. A palestra foi organizada pelo Núcleo São Paulo da ABMS, com apoio da Huesker, associada corporativa da entidade.

O convite a Luis Edmundo veio da intenção do Núcleo São Paulo de diversificar as palestras oferecidas, trazendo profissionais de fora do Estado para compartilhar sua experiência. “O Luisão é uma pessoa que tem muita vivência no assunto e está sempre ligado ao tema”, destaca Paulo Albuquerque, presidente do Núcleo SP. “A presença dele chama a atenção, principalmente dos mais IMG_9912jovens, para a importância da atuação do geotécnico, especialmente em situações de riscos”.

A participação do público foi intensa, com perguntas ao final da apresentação e muita interação no coquetel oferecido após a palestra.

Luis Edmundo Campos

Luisão, como é conhecido, tem vasta experiência na estabilização de encostas e atuação constante em programas da Prefeitura de Salvador, juntamente com o governo do Estado da Bahia, para monitoramento de áreas de risco, treinamento da população atingida, mitigação e prevenção dos problemas decorrentes desastres naturais.

Planos do Núcleo São Paulo

O objetivo do Núcleo de atrair mais jovens vem sendo alcançado. Nas palestras mais recentes, a participação de estudantes tem sido intensa. “Queremos continuar atingindo este público e atraindo cada vez mais engenheiros para a geotecnia. Além, claro, de divulgar a área e integrar a comunidade técnica de São Paulo”, completa Paulo Albuquerquer. “Continuaremos organizando palestras e eventos para atingir esses objetivos”.

Acesse aqui a galeria de fotos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *