Painel do Associado

Sede própria é um sonho que agora se realiza

domingo, 19 de janeiro de 2014 comentários

“Um sonho acalentado ao longo dos últimos 64 anos finalmente pode ser realizado em 2014”. A frase resume bem o pensamento da Diretoria envolvendo a compra da nova sede da ABMS. E foi proferida no dia 26 de novembro deste ano, durante a reunião de Diretoria que precedeu a inauguração oficial da nova sede, com as presenças de ex-presidentes, presidentes de Núcleos e Comitês. André Assis, presidente da ABMS e autor da frase, faz questão de ressaltar o caráter coletivo dessa conquista. “Acumulamos forças e recursos ao longo de 64 anos. Construímos juntos a bela reputação que a ABMS desfruta junto à sociedade e à comunidade técnica. Esse acervo foi decisivo para a conquista desse objetivo histórico, que é a sede própria”. Leia a seguir o editorial, assinado em conjunto pela Diretoria 2013-2014 da ABMS, que faz um balanço da gestão.

“A sede própria é um desafio antigo, que anima a entidade desde a sua criação, em 1950. É importante destacar especialmente as gestões levadas à frente pela Diretoria anterior, presidida por Arsenio Negro, que obteve junto ao Conselho a aprovação da compra da sede em São Paulo. É uma conquista histórica, obtida com o concurso de todas as gestões anteriores da ABMS a partir de 1950.

“A ABMS foi criada em 1950 praticamente dentro do IPT. No início, ainda sem sede, ela acompanhava o presidente – a sede passava a ser o escritório do presidente do biênio. Na década de 1970, Carlos Souza Pinto, diretor de engenharia do IPT, foi convidado a ser presidente da entidade. Ele aceitou o convite, mas impôs uma condição: teria como missão encontrar, no IPT, um lugar para abrigar a ABMS.

E a missão foi cumprida. Desde então, a sede da ABMS foi dentro do IPT, que sempre acolheu muito bem a entidade. Fizemos questão de agradecer o Instituto, oficialmente, com um documento público de agradecimento por sua postura de acolhimento em relação à comunidade geotécnica brasileira.

“O delicado trabalho de convencimento do Conselho da ABMS sobre a importância da aquisição da nova sede e a proposta de que ela deveria permanecer em São Paulo foram levadas à frente pela gestão anterior, presidida por Arsenio Negro. Tudo aprovado, a atual Diretoria encarregou-se de executar o plano.

“É importante destacar a participação do colega Frederico Falconi nesta empreitada. Ele ficou encarregado de pesquisar o imóvel e fazer toda a negociação. Outra participação foi a do arquiteto Daniel Hopf Fernandes, que doou todo o projeto da nova sede. Ele dedicou o tempo da sua equipe para ir até o local, ouvir as nossas demandas, fazer todo o projeto e especificar todo o material. Em nome da ABMS, a Diretoria agradece à dedicação e à generosa contribuição desses profissionais.

“Este grande passo na história da ABMS, no entanto, não foi dado apenas por uma ou duas gestões. Essa conquista é resultado do trabalho de todos os ex-presidentes, vice-presidentes, secretários e tesoureiros que já passaram pela entidade, além da colaboração de todos os associados. Aos poucos, a ABMS foi se organizando como associação, revendo seu estatuto, seu regimento, se profissionalizando e agregando valor aos seus eventos. E tudo isso foi contribuindo para que chegássemos até aqui.

Número de Associados segue em alta
No Cobramseg 2014, em Goiânia, a ABMS realizou uma ação efetiva que rendeu diversos associados à entidade. Estamos com 1.680 associados, sendo 80 corporativos, 600 afiliados que são estudantes de graduação ou pós-graduação e 1.000 associados individuais. Esses números posicionam o Brasil como segunda ou terceira maior associação geotécnica do mundo. Estamos atrás apenas dos Estados Unidos (EUA) e, talvez, do Japão. No Cobramseg 2014, em Goiânia, alcançamos a marca de 1.500 participantes. Poucas associações de engenharia no mundo conseguem esses números.

Título de Engenheiro Geotécnico
Com o objetivo de formalizar a profissão de engenheiro geotécnico e valorizar esses profissionais aos olhos da sociedade, da academia, do mercado e dos poderes constituídos, a ABMS lançou o programa de concessão de título de Engenheiro Geotécnico, com entrega de diploma e carteirinha àqueles que preenchem os requisitos estabelecidos pelo regulamento.

A discussão do programa teve início na gestão de Arsenio Negro (2011-2012). Após diversas discussões e ajustes no regulamento, foi concretizado no dia da inauguração da nova sede da ABMS, quando foram entregues os primeiros diplomas e certificados dos associados que já faziam jus ao título.

Novo Portal da Geotecnia
A comunicação também está entre as prioridades da Diretoria. Pensando nisso, em 2014 a ABMS passou a ter um novo site – mais moderno, mais seguro e com uma nova estrutura. O objetivo é expandir a comunicação com os associados e com a sociedade, trilhando também o caminho das redes e mídia sociais e aplicativos para tablets e smartphones.

A Diretoria pretende transformar o novo site em um verdadeiro Portal da Geotecnia Brasileira. Todos os interessados no tema vão poder buscar informações precisas e valiosas de fontes confiáveis, como os profissionais que fazem parte da Associação, além de acessar novidades e informações originadas de outras associações de outras partes do mundo.
Foram dois anos de trabalho intenso. Os bons resultados só apareceram porque um corpo voluntário de associados dedicou-se de corpo e alma, muitas vezes até em prejuízo de suas atividades profissionais, à sua consecução.

Encontramos, naturalmente, uma solução excepcional para os nossos encontros técnicos. A divisão adotada de realizar eventos nacionais em anos pares e eventos regionais em anos ímpares revela-se cada vez mais acertada. Os encontros regionais são decisivos para difundir a geotecnia para as mais diferentes regiões do país, abordando temas locais, fortalecendo a ABMS e aproximando-a dos estudantes. Já os grandes eventos nacionais representam o ponto mais elevado das realizações da engenharia geotécnica brasileira.

Deixamos uma nota de agradecimento aos nossos associados corporativos, que estiveram conosco em diversos eventos. E também aos associados em geral, que são a razão de ser da nossa entidade.

A geotecnia brasileira tem uma sede física, uma sede virtual e uma associação que promove o desenvolvimento técnico e científico desse universo.  A ABMS é tudo isso. Vamos sempre procurar preservar e valorizar esse patrimônio intangível.

Boas Festas a todos e um 2015 muito promissor para a nossa comunidade!

Diretoria ABMS


Comentários


Sede própria é um sonho que agora se realiza

  1. Arsenio Negro disse:

    Lembro que a identificação do local da nova sede foi feita pelo Sussumu, que identificou para o Conselho suas vantagens. Parabéns pela nova sede e votos de bom ano novo a todos!
    Arsenio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *