Painel do Associado

Sucesso marca workshop sobre resistência não drenada de solos em MG

quinta-feira, 12 de julho de 2018 comentários

“O evento foi muito bom. A palestrante é uma pessoa que realmente está à frente da aplicação dos conceitos de análise não drenada de estruturas”. Esta é a avaliação do presidente do Núcleo Minas Gerais da ABMS, o engenheiro Gustavo Vianna, sobre o workshop “Undrained Shear Strength Selection”, realizado no dia 28 de junho em Belo Horizonte. O workshop foi comandado pela engenheira canadense Christina Winckler, diretora técnica da área de Mineração e Barragens da AECOM Company na América Latina.

O workshop, que foi proferido em inglês, reuniu 80 participantes – sendo a maioria profissionais da área. “Este é um tema que vem chamando muito a atenção da comunidade técnica”, esclarece Vianna. “Temos escutado com frequência, desde as últimas edições do Cobramseg e do GeoMIN, sobre a influência da correta utilização das análises não drenadas e a importância de se utilizar corretamente os parâmetros. Nesse sentido, a palestrante fez uma exposição resgatando casos históricos de ruptura de barragens, relacionando com o tópico e apresentando a metodologia aplicada por ela, que foi muito interessante de conhecer”.

 

Participação do público

Para o presidente, o público participou ativamente do workshop. “Os participantes eram engenheiros experientes, que lidam com isso no dia a dia em suas empresas. Era um público bastante qualificado. Várias das grandes empresas de projetos de Belo Horizonte enviaram seus representantes para participar do workshop, o que nos deixou muito satisfeitos”.

Outro detalhe que contribuiu para o sucesso do evento foi o comprometimento da palestrante. “Além de ter profundo conhecimento sobre o tema, Winckler também é uma pessoa que expõe muito bem as suas ideias, o que permitiu que o público acompanhasse a palestra com muita clareza”, comenta o engenheiro. “Também pudemos ter acesso a materiais complementares de autoria dela, que gentilmente nos cedeu antes e depois do evento, tornando a troca de conhecimentos ainda mais completa”.

A qualidade do workshop também trouxe novos associados ao Núcleo, como conta o presidente. “Quase metade dos presentes era de profissionais não associados à ABMS. São pessoas que ouviram falar do workshop, compareceram e conheceram melhor as atividades do Núcleo – é de praxe apresentarmos as nossas próximas iniciativas na abertura dos eventos. E isso chamou a atenção de alguns profissionais, que resolveram se associar. É um atestado de sucesso que nos deixa muito contentes”.

 

Apoio

“Em nome do Núcleo Minas Gerais da ABMS, gostaria de prestar nossos agradecimentos aos engenheiros Vicente Mello, representante da empresa AECOM Company, e Paulo Franca, nosso colega e associado ao Núcleo, que foram os responsáveis por tornar o workshop possível. Além, é claro, à Christina Winckler por sua disponibilidade e solicitude”, declara Gustavo Vianna.

 

(Imagem: monkeybusinessimages/iStock.com)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *