Painel do Associado

VIII COBRAE é o grande destaque do Núcleo Nordeste no biênio 2021/22

segunda-feira, 15 de março de 2021 comentários

Liderado pela engenheira Juliane Marques, o Núcleo Nordeste tem pela frente um desafio de peso, que é o de fazer uma edição bem-sucedida da VIII COBRAE, a Conferência Brasileira Sobre Estabilidade de Encostas, que é sempre um evento que mobiliza a comunidade especializada. Será a primeira vez que o Núcleo NE vai estar à frente do evento. Mas os desafios não param aí. Também é foco do Núcleo realizar com excelência o encontro da Comissão Técnica de Fundações (CTF) e a Palestra Itinerante “Pelópidas da Silveira”. Confira a entrevista da presidente do Núcleo Nordeste da ABMS, Juliane Marques.

Nova diretoria

A Diretoria do Núcleo Nordeste tem como característica a forte presença no campo acadêmico. Além de Juliane Marques, presidente do Núcleo e professora da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), compõe a Diretoria o ex-presidente do Núcleo Nordeste, Joaquim Teodoro Romão de Oliveira, atual vice-presidente. Ele é professor e coordenador do programa de pós-graduação em engenharia civil da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP).

O secretário-geral do Núcleo, Igor Fernandes Gomes, é professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Já Marina Didier Pedrosa de Amorim, secretária executiva, é professora na Universidade de Pernambuco (UPE). E o tesoureiro, Danisete Pereira de Souza Neto, leciona no Centro Universitário da Vitória de Santo Antão (UNIVISA).

Planos para o biênio

A promoção de eventos tradicionais está entre os principais objetivos da nova Diretoria. O mais destacado deles é, naturalmente, a VIII COBRAE, Conferência Brasileira Sobre Estabilidade de Encostas, que vai ser realizada de 20 a 23 de outubro deste ano. Será a primeira vez que o Núcleo estará à frente da Conferência.

Encontros que já são tradicionais, como a Comissão Técnica de Fundações (CTF), que acontecerá em 2022, e o GeoNordeste, organizado bienalmente pelo Núcleo, estão na agenda da Diretoria, assim como a organização da Palestra Itinerante “Pelópidas da Silveira”.  

A Diretoria promete dar apoio aos organizadores que irão lançar o segundo volume do livro “Geotecnia do Nordeste”. A primeira edição foi lançada em 2005 por Alexandre Duarte Gusmão, ex-presidente da ABMS, por Jaime Gusmão Filho, também ex-presidente da Associação, por Joaquim Teodoro Oliveira e Gilmar de Brito Maia. Juliane Marques foi co-autora de um dos capítulos.

Transformar seguidores das redes sociais em associados também está entre os objetivos do Núcleo. Juliane enxerga estes canais como essenciais para mobilizar em torno da ABMS os interessados em geotecnia, estimulando especialmente os jovens a encarar abordagens mais profundas dos assuntos técnicos.

Vínculo com a ABMS

Juliane Andréia Marques Hoss, presidente do Núcleo Nordeste

A presidente do Núcleo NE, Juliane Andréia Marques Hoss, é graduada em engenheira civil pela Universidade Federal de Alagoas. É mestre e doutora em geotecnia com especialização em engenharia de fundações pela Universidade de São Paulo (USP). Ela sempre teve contato com o mercado de trabalho na área de geotecnia já que seu pai fundou a AGM Geotécnica, empresa de fundações.

“Meu pai, que também é pós-graduado em geotecnia, sempre destacou a importância de aprofundar o contato com a geotecnia através de simpósios, palestras e eventos. Minha história com a ABMS começou enquanto eu ainda era estudante de graduação, frequentando todos os eventos do COBRAMSEG”, conta Juliane. Ela afirma que é sócia da ABMS desde 1997 e diz que só tem motivos para se orgulhar da entidade, já que a Associação é referência no mundo geotécnico e reúne os principais profissionais da área.

“Seja no mercado de trabalho ou lecionando na universidade, onde quer que eu esteja, sempre destaco a importância da ABMS e a importância da pessoa que se interessa pela geotecnia ser sócio da entidade.”

Efetivamente, sua trajetória na Associação começou em 2017, no GeoNordeste. Juliane atuou como presidente do 5º Simpósio de Geotecnia do Nordeste (GeoNE 2017) e teve naquele momento o seu primeiro contato direto com a Diretoria Nacional e com a Diretoria Regional do Nordeste. No último biênio ela foi eleita Conselheira do Núcleo e indicada para assumir a Presidência para a gestão 2021/22.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *