Painel do Associado

WTC2013 recebe a maior comitiva brasileira da história

terça-feira, 25 de junho de 2013 comentários

Com 28 integrantes, o World Tunnel Congress 2013 (WTC2013), em Genebra, na Suíça, recebeu a maior comitiva brasileira já presente neste tipo de evento. Com a proximidade do WTC2014, em Foz do Iguaçu, o principal objetivo da comitiva foi mostrar a força brasileira. “É fundamental que o mundo conheça a importância do Brasil nas obras subterrâneas e a força da comunidade tuneleira brasileira”, destaca Hugo Cássio Rocha, presidente do Comitê Brasileiro de Túneis. Para André Assis, presidente da ABMS, o Brasil teve 28 embaixadores em Genebra. “A comitiva brasileira se empenhou muito, estavam todos muito engajados em fazer do WTC2014 um sucesso”. Sempre reunidos ao redor do estande do CBT na exposição técnica, os brasileiros fizeram contatos com profissionais da área de túneis de todo o mundo, convidando-os para estar em Foz do Iguaçu em 2014. O WTC2013, que aconteceu de 31 de maio a 7 de junho, teve a presença de 1800 pessoas e a exposição técnica contou com a participação de toda a indústria tuneleira mundial. (Clique na imagem para ampliá-la)

O evento começou com o tradicional curso de treinamento da ITACET que teve como foco apresentar o estado da arte de projeto e execução de medidas de melhoria e reforço de maciço, tais como: enfilagem, congelamento de solo, injeções, drenagem etc – requisitos cruciais para engenheiros e empreiteiros dedicados aos túneis. Com o tema Ground Improvement, Pre Support & Reinforcement, o curso teve, como já ocorreu em outras edições, a participação de um palestrante brasileiro: Akira Koshima, ex-presidente do CBT.

No dia 2 de junho aconteceu a Assembleia Geral da International Tunnelling and Underground Space Association (ITA), na qual foram apresentados os candidatos à Presidência da ITA e a avaliação do ano da entidade, além de apresentação de evolução dos Grupo de Trabalho (WG – Working Groups). Aquela foi a última assembleia de In-Mo Lee na Presidência da ITA. Na noite do mesmo dia, a organização do evento recebeu todos os congressistas em um museu, com show típico suíço. (Na foto à esquerda: In-Mo Lee, presidente da ITA).

Em 3 de junho o WTC2013 começou de fato. Pela manhã, a cerimônia de abertura prendeu a atenção dos participantes. O ponto alto foi o pronunciamento da ministra Suíça do Meio Ambiente, Transporte, Energia e Comunicação, Doris Leuthard. “Ela falou da importância das obras subterrâneas para a Suíça e mostrou as expectativas para o futuro”, lembra o presidente do CBT. “É interessante ver como os suíços têm uma boa compreensão dos benefícios dos túneis”. Neste mesmo dia, na hora do almoço, foi inaugurada a exposição técnica. (Foto abaixo, à direta: Doris Leuthard, ministra suíça do Meio Ambiente, Transporte, Energia e Comunicação)

O WTC2013 seguiu com diversas palestras que despertaram muito interesse dos participantes. Um exemplo foi a palestra de N. Munfah, M. Preedy e S. Zlatanic, que abordaram a construção do maior shield do mundo, em Seattle. A máquina tem 17,48 metros de diâmetro. A sala reservada à palestra ficou pequena para o público, que assistiu à apresentação mesmo em pé.

No dia 5 de junho houve, durante Assembleia Geral, as eleições da ITA. O novo presidente da entidade é o dinamarquês Soren Eskesen. Entre os vice-presidentes, um representante brasileiro: Tarcísio Barreto Celestino. Os outros vice-presidentes são Amanda Elioff, dos Estados Unidos, Daniele Peila, da Itália e Rick Lovat, do Canadá. Ainda nesta assembleia o presidente do WTC2013, Felix Amberg, passou a bandeira da ITA a Hugo Rocha, presidente do CBT que representou o Brasil, sede do próximo congresso da ITA. Em retribuição, Hugo Rocha presenteou o colega suíço com uma bandeira brasileira. “Foi bacana! Eles gostaram do presente”, lembra o presidente do CBT. (Foto à esquerda: Membros da delegação brasileira com a bandeira da ITA-AITES)

Durante todo o congresso, os representantes brasileiros, em especial o presidente do CBT, Hugo Rocha, e o presidente da Comissão Organizadora do WTC2014, Tarcísio Barreto Celestino, fizeram diversas reuniões com pessoas dos mais diferentes países para conquistar apoio ao WTC2014.

 Inovações do WTC2013

Com a participação de toda a comunidade tuneleira mundial, o WTC2013 teve alguns destaques na inovação. O primeiro deles foi a apresentação dos tradicionais pôsteres. Ao contrário do que os congressistas estão acostumados a ver, em Genebra os trabalhos pôster foram disponibilizados em monitores que passavam apresentações dinâmicas dos trabalhos. “Ao invés de pessoas em pé, víamos os participantes sentados assistindo aos trabalhos em TVs”, conta André Assis, presidente da ABMS. “Foiuma adaptação às tecnologias atuais. Algo bastante interessante e que facilitou muito o deslocamento dos autores, umas vez que eles não precisaram mais levar seus pôsteres durante a viagem. Além, é claro, de ter chamado a atenção dos espectadores”.

Outra novidade foi uma tarde reservada à apresentação de trabalhos da nova geração de engenheiros. “É importante esse esforço da ITA em trazer para a área de túneis os jovens engenheiros”, ressalta Assis. “As obras subterrâneas estão crescendo e ganhando relevância em todo o mundo e é fundamental termos profissionais qualificados para trabalhar nesses projetos”. (Na foto à esquerda: André Assim, presidente da ABMS)

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *